BUSCA

Neste blog Na Web

LINKS

ARQUIVO

Visitas  

DEIZE TIGRONA CANTA COM O BONDE DO ROLÊ

A apresentação do trio curitibano Bonde do Rolê no Tim Festival contou com a participação da funkeira carioca Deize Tigrona, grávida, na música "Solta o Frango", que diz na letra "a gente topa tudo, sapatão ou bigodudo".

O grupo, que faz uma mistura de funk carioca com samples de rock e disco, faz sua primeira apresentação no Rio de Janeiro. Deize Tigrona é conhecida pelo sucesso "Injeção".

O Bonde do Rolê ganhou destaque internacional depois de se tornar o primeiro nome do selo Mad Decent, do DJ e produtor norte-americano Diplo. O trio acaba de chegar de sua segunda turnê pela Europa.

Assista na TV UOL  a apresentação exclusiva do Bonde do Rolê, em que o trio canta "Solta o Frango".

Escrito às 23h35 | | envie esta mensagem

SEGUNDO DIA

A "parada" é na Marina

 

O sol voltou a dar o ar da graça no Rio de Janeiro e a noite promete ser quente. A "parada" ou "paradinha", como os cariocas costumam dizer sobre algum acontecimento, é o show do TV On The Radio, com lotação esgotada.

 

Hoje os destaques são a lendária Patti Smith, que promete até recitar seus poemas, caso o público peça; o trio nova-iorquino Yeah Yeah Yeahs, com a performance de sua vocalista Karen O; TV on the Radio, também de Nova York, que tem Tunde Adebimpe, uma das mais belas e fortes vozes do Festival.

Escrito às 21h52 | | envie esta mensagem

ATRASOS NO PRIMEIRO DIA

Os palcos Lab e principal tiveram atrasos de 1h30 e 1h05, respectivamente, para o início dos primeiros shows. Marcado para as 22h30, a cantora Céu começou o show no palco Lab à 0h, e o Daft Punk, cuja apresentação estava marcada para as 23h, só subiu ao palco à 0h05.

 

Segundo a produção do evento, os atrasos são "normais para um grande evento". O último show do primeiro dia terminou por volta das 4h30 com o bis de Devendra Banhart no palco Lab.

 

Além dos atrasos, houve grandes filas nos poucos caixas dos bares dos dois palcos e muita dificuldade para pegar bebida no balcão.

Escrito às 04h58 | | envie esta mensagem

FAMOSOS

Circulavam pelo Village, área comum do evento, o produtor musical Nelson Motta, o músico Egberto Gismonti e o chef Olivier Anquier.

Gismonti disse que veio para assistir aos shows dos amigos Ivan Lins e Maria Schneider e volta amanhã para a apresentação de Charlie Haden. Já Anquier está aqui para ver o show da dupla malinesa Amadou & Mariam e vai aproveitar para conhecer a música de Céu e Devendra Banhart, que tocam no mesmo palco.
 
No palco LAB teve a principal concentração de famosos do evento: os casais Fernanda Torres e Andrucha Waddington, Aline de Moraes e Sergio Marrone, os músicos Lulu Santos e Arto Lindsay, Camila Pitanga, entre outros.
 
Mas o mais esperado da noite, Caetano Veloso não subiu ao palco, mas conferiu o show de Devendra da platéia.

Escrito às 00h00 | | envie esta mensagem

RIO 20º

Está nublado no primeiro dia do Tim Festival no Rio e faz um frio incomum para esta época do ano. Muita gente está com casaco e alguns até com cachecol.

 

As tendas que abrigam os diferentes shows se organizam em torno de uma praça central, onde é o principal ponto de encontro dos diferentes públicos que virão nos três dias do festival.

ATRASO DE IVAN LINS

Ivan Lins é o primeiro a se apresentar hoje (27) no palco Club. Mas, com poucas pessoas presentes no local até as 20h40, tudo indica que a apresentação, marcada para começar às 20h30, vá atrasar mais. Os shows nesse palco serão em uma tenda mais intimista, com mesas e cadeiras no lugar da pista.

 

Ainda hoje se apresentam a cantora Jennifer Sanon, que tem ilustres fãs como Wynton Marsalis, além do concerto de The Maria Schneider Orchestra, ganhadora do Grammy 2005 de melhor álbum de jazz com "Concert in the Garden". 

Escrito às 21h09 | | envie esta mensagem

HORA DO POGO

Se os Beastie Boys tocarem "Sabotage" (o que é muito provável) no domingo e se o público carioca se comportar como o nova-iorquino do show do Madison Square Garden em 2004, esse vai ser o momento do pogo, dança punk agressiva, com socos e pontapés a atingir quem está próximo.

No show de 2004, registrado no filme "Nossa, Eu Filme Isso!", MCA dedica a música a George W.Bush, uma boa agressão punk.

Escrito às 14h33 | | envie esta mensagem

ONE MORE TIME

As grandes atrações de hoje do festival são Daft Punk no Rio e Herbie Hancock em São Paulo, ambas com ingressos esgotados.

A dupla francesa Daft Punk faz raras apresentações ao vivo. Desde o primeiro álbum, "Homework" (1997), Thomas Bangalter e Guy-Manuel de Homem-Christo não faziam uma turnê tão extensa quanto a deste ano, que passa agora pelo Brasil.

Da primeira turnê do duo, em 1997, foi lançado o álbum ao vivo "Alive 1997" (2001). Agora há chances de os shows desta turnê do álbum "Human After All" (2005) virarem um DVD.

Até o show de hoje na Marina da Glória no Rio, os "homens-máquina" fizeram 10 shows nos EUA, Espanha, Portugal, Irlanda, Japão, Bélgica e Polônia. Depois do Brasil, o Daft Punk toca em Santiago (dia 2/11),  Buenos Aires (dia 4/11) e em Miami (11/11), todas com os dois integrantes vestidos com capacetes bacanas de robô.

Mas você pode ver um vídeo de 30 minutos de uma apresentação do Daft Punk supostamente em Winsconsin, EUA, em 1996, em que Bangalter toca à paisana. Seu parceiro é raramente focalizado pela câmera.

 

Escrito às 14h17 | | envie esta mensagem

ODARA

Domingo promete ser o dia mais agitado no Rio. No palco de jazz, Herbie Hancock e Ahmad Jamal. No palco principal, Instituto, DJ Shadow e Beasties Boys _este último é um dos shows mais aguardados e, pelo que eles fizeram em 2004 registrado no filme "Nossa, Eu Filmei Isso!", deve ser um dos shows mais poderosos do festival.

No palco Lab, a experimentação e a estranheza estarão presentes nos shows de The Bad Plus e, principalmente, de Black Dice, trio nova-iorquino que não raro destrói os instrumentos no palco.

O que Caetano Veloso vai fazer para manter a platéia depois dos barulhos, ruídos e distorções do Black Dice? Vai tocar o novo disco "Cê" todo, "Cê" inteiro, do começo ao fim. Uma estranheza e tanto.

Escrito às 17h16 | | envie esta mensagem